quarta-feira, 9 de junho de 2010

Luz, Sombra e Beleza Sutil - Cristiano Mascaro


Árvore em Cachoeira - 2002


Cuzco - Perú - 1966



Brás - São Paulo - 1976

Lisboa


Tóquio - 2008

Aricanduva - São Paulo - 1989

Viaduto Diário Popular - São Paulo

Metro - São Paulo - 1983




São Paulo - 1983




sexta-feira, 4 de junho de 2010

O Homem e a Bola - Garrincha



Mesmo sendo um gremista na raiz, ao ver Garrincha jogar, uma paixão quase secreta pela Estrela Solitária despertou no meu coração.


Pernas assim, tortas, desconexas, em desalinho realizaram jogadas inesquecíveis



O anjo das pernas tortas
Vinícius de Moraes

A um passe de Didi, Garrincha avança
Colado o couro aos pés, o olhar atento
Dribla um, dribla dois, depois descansa
Como a medir o lance do momento.

Vem-lhe o pressentimento; ele se lança
Mais rápido que o próprio pensamento
Dribla mais um, mais dois; a bola trança
Feliz, entre seus pés - um pé-de-vento!

Num só transporte a multidão contrito
Em ato de morte se levanta e grita
Seu uníssono canto de esperança.

Garrincha, o anjo, escuta e atende: - Goooool!
É pura imagem: um G que chuta um O
Dentro da meta, um 1. É pura dança!

Outro gênio, Didi




A família

O amor, Elza




terça-feira, 1 de junho de 2010